Redes de Farmácias fazem mutirão para estimular autocuidado

Em 24 de julho, drogarias de todo o País vão motivar clientes sobre o uso racional de medicamentos isentos de prescrição As 27 redes afiliadas à Associação Brasileira de Redes de Farmácias e Drogarias (Abrafarma) realizam a sexta edição das Campanhas de Saúde – 2017, desta vez alertando para a importância do autocuidado na prevenção, tratamento e manutenção da saúde. Um dos focos da ação é o uso racional de medicamentos isentos de prescrição.  O autocuidado é capacidade e o direito que uma pessoa tem de assumir de forma voluntária o zelo e a manutenção de saúde, por meio de conhecimentos e práticas que lhes permitem viver de forma ativa e saudável. “A iniciativa ocorre mundialmente nesta data e reforça a importância de se cuidar 24 horas por dia, sete dias da semana”, ressalta Sergio Mena Barreto, presidente executivo da Abrafarma.

 A campanha é educativa e tem o propósito de motivar a população quanto ao autocuidado – desde o manejo de sinais e sintomas até a prevenção de doenças, colocando o farmacêutico como um profissional à disposição e acessível para orientar e tirar dúvidas relativas a tratamentos. “Isso resulta em um custo menor para o sistema de saúde, tanto público como privado”, acrescenta Barreto.

 Nas farmácias dos principais centros urbanos, os pacientes receberão conselhos dos farmacêuticos sobre como cuidar sozinho de males e sintomas menores já diagnosticados ou conhecidos; organizar medicamentos para problemas como dor, febre, alergias ou resfriados; seguir corretamente o uso dos remédios, incluindo a dose, quantas vezes por dia e por quantos dias o tratamento deve durar; entre outras dicas.  As próximas ações da Abrafarma nas redes de farmácias irão orientar a população sobre os riscos do colesterol, diabetes e problemas cardiovasculares, além de informar sobre a atenção ao idoso.

Sobre a Abrafarma

Fundada em 1991, a Abrafarma reúne as 27 maiores redes de farmácias do País, que contam com mais de 6.900 lojas em todos os estados brasileiros e no Distrito Federal. As redes associadas representam 44% das vendas de medicamentos no país, tendo realizado mais de 830 milhões de atendimentos em 2016, com vendas totais de R$ 39,4 bilhões. A associação tem como objetivo o aprimoramento das empresas filiadas, a preservação da imagem institucional, o relacionamento com entidades públicas, governo e fornecedores, além de apoio jurídico e pesquisa de mercado para o aperfeiçoamento das atividades.

print

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

7 + = 9

Pin It on Pinterest